8 jul. 2014

[Japom] Seguem os protestos antimilitaristas contra o governo de Shinzo Abe

A semana passada contavamos em Abordaxe que o governo do primeiro-ministro, Shinzo Abe, aprovara que as tropas japonesas possam ir em auxílio dos seus aliados - principalmente dos Estados Unidos - em caso de ataque por um inimigo comum, e mesmo que o Japom nom seja objecto de agressom. E davamos conta de vários protestos. Agora desde a ANA nos enviam informaçom da continuidade destas mobilizaçons, tanto em Tokio este sábado passado como em Nagoya em domingo, que colamos:
Tokio:

Mais de 3 mil pessoas tomaram as ruas de Tóquio neste sábado. A manifestaçom antifascista e antimilitarista ocorreu entre berros enérgicos de “Foda-se Abe”, “Foda-se o fascismo”, “Nom precisamos de guerra”, “Unidos pela paz”, “Armas nom”, “Faga amor, nom faga guerra”, “Fascistas nom passarám”. Muita pessoas carregavam cartazes contra a alteraçom da Constituiçom nipônica e referentes à luta antifascista. Ver vídeo:


Nagoya:
Umha das maiores cidades japonesas, Nagoya, foi palco de mais um protesto. Debaixo de chuva, milhares de pessoas desfilaram pelo centro da cidade ao som de batuques e gritos antimilitaristas e antifascistas. “Abe, fascista, escuta, estamos em luta”, cantavam os manifestantes. Muitos também carregavam cartazes com fotos do primeiro-ministro nipônico caracterizado de Hitler. Ver vídeo:

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada