24 abr. 2014

[Brasil] São Paulo: Relato sobre a fundaçom do Laboratório de Educaçom Anarquista (LEA)

Damos conta desta iniciativa de compas anarquistas do Brasil, na busca dumha educaçom para as crianças, consequente com os ideias anarquistas: Umha experiência realizada em 6 de abril (domingo) no Centro de Cultura Social (CCS) de São Paulo, organizada pela Biblioteca Terra Livre com o intuito de estudar, produzir e experimentar prácticas pedagógicas para crianças. Experiência da que resultou a criaçom do Laboratório de Educaçom Anarquista (LEA), como um produto directo da experiência acumulada durante os 3 anos de existência do Grupo de Estudos Anarquismo e Educaçom.

A actividade teve início às 15h e contou com um óptimo público, quase 100 pessoas estiveram presentes no evento. Dentre estas, algumhas percorreram mais de 100 km para estarem presentes. Vieram pessoas de Campinas (SP), São Carlos (SP)... e até de fora do Brasil (nom especificamente para o evento, mas marcaram presença).

O evento foi aberto com a apresentaçom do histórico dos 3 anos do Grupo de Estudos Anarquismo e Educaçom realizado na Biblioteca Terra Livre. O resgate deste histórico apresentou umha rica história de prácticas pedagógicas já realizadas no Brasil e em outras partes do mundo em diferentes contextos históricos. Das experiências históricas foram resgatadas brevemente às experiências das Escolas Modernas, em Barcelona e São Paulo, e experiências actuais como a da Escola Paideia, em Mérida (Espanha), umha das experiências mais bem sucedidas de escolas anarquistas contemporâneas.

Além do resgate das leituras do grupo de estudos, foram apresentadas outras actividades realizadas com propósitos de pensar e practicar a pedagogia libertária. Umha delas foi a do cineclube realizado em 2012, com a temática “Prácticas libertárias de educaçom contemporânea”, que contou com a exibiçom dos filmes "Paideia, escuela libre. 15 años de educación antiautoritaria", "A Rebeliom dos Pinguins", "Escola da Ponte" e "A Educaçom Proibida".

Por fim, antes da leitura do texto de fundaçom do LEA, foi relatada a experiência do Espaço para crianças Adelino de Pinho - realizado durante a 4ª Feira Anarquista de São Paulo. Foram abordadas as dificuldades em encontrar materiais libertários para trabalhar com as crianças, a capacidade de imaginaçom e criaçom coletiva (de crianças e adultos) que foram realizadas naquele momento e os inumeráveis momentos de autogestom das prácticas, desde os materiais que foram levados e compartilhados até a limpeza do espaço, realizada em conjunto por crianças e adultos.

Após esse histórico foi realizada a leitura do texto de fundaçom do LEA. Por fim, se iniciou um rico debate. Pessoas ligadas ou nom a educaçom formal trouxeram suas experiências, angústias e anseios sobre a possibilidade de criaçom de umha educaçom efetivamente libertária. Muito se conversou sobre as dificuldades e as prácticas já realizadas e ainda por realizar.

De imediato ficou o convite do LEA para umha próxima actividade, um pique-nique, no Parque da Juventude no dia primeiro de Junho, por ocasiom da Festa de 5 anos da Biblioteca Terra Livre e a expectativa de que novos momentos como este voltem a acontecer.

Adriano Skoda

Biblioteca Terra Livre

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada