19 abr. 2014

[Grécia] Conclusão do Encontro Europeu Antifascista

Setenta anos após a Segunda Guerra Mundial e a derrota do fascismo, a Europa se encontra de frente com uma extrema-direita nazista e racista em ascensão.

No entanto, os racistas e os neonazistas têm um inimigo: o movimento de massa e polimorfo, que luta nas ruas de toda Europa não apenas contra o terrorismo fascista, mas também contra todos aqueles que o mantêm e o protegem: as políticas impopulares, a impunidade policial, o autoritarismo neoliberal e o sistema que o impõe.

Em 11, 12 e 13 de abril, as resistências se reuniram em Atenas, e através de reuniões, eventos políticos, oficinas e debates, intercambiamos experiências e temos dado um passo importante no sentido de organização da solidariedade internacional e da luta antifascista coordenada a nível europeu. Enviamos uma mensagem contundente contra o fascismo, o sexismo, o racismo, o totalitarismo estatal e o ponto morto do capitalismo.

Concluímos o evento com as seguintes propostas:

• Dia de ação conjunta europeia, no sábado, 08 de novembro de 2014, considerando que, no domingo, 09 de novembro, é o aniversário da "Noite dos Pogroms".

• Dias internacionais de comemoração e solidariedade, nos aniversários de assassinatos de antifascistas pelos fascistas, com manifestações simbólicas nas cidades ou embaixadas:

• Grécia: um ano desde o assassinato de Pavlos Fyssas em Atenas, na quinta-feira, 18 de setembro de 2014.

• França: um ano desde o assassinato do antifascista Clèment Méric em Paris, na quinta-feira, 05 de junho de 2014.

• Criação de uma plataforma comum na internet de contrainformação, informação mútua, troca de opiniões, para que as ações internacionais e a solidariedade internacional possam ser organizadas de uma maneira mais eficaz.

Assembleia do Encontro Europeu Antifascista


O texto em grego:
http://antifasistikossyntonismos.blogspot.gr/2014/04/blog-post_14.html

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada