18 mar. 2014

[Suécia] Milhares de pessoas manifestaram-se em Malmo após ataque neonazista recente

Deramos conta na semana passada, nesta entrada, do ataque neo-nazi contra um grupo de activistas antifascistas com a consequênciua dum compa, Showan Shattak de 25 anos, em estado grave tras receber várias coiteladas. Agora damos conta desta monstra de solidariedade e de luita contra o fascismo, segundo a informaçom que recebemos de ANA:




Cerca de dez mil pessoas tomaram as ruas do centro de Malmo neste domingo (16) para protestar contra o nazismo, umha semana após quatro pessoas ficarem feridas, umha gravemente, em um ataque de um grupo de extrema direita nesta cidade sueca.

A manifestaçom, organizada por grupos de esquerdas e antifascistas, foi umha das maiores registradas nos últimos anos na terceira maior cidade do país, localizada ao sul da Suécia e com umha populaçom de uns 300 mil habitantes.

Em Estocolmo e outras cidades suecas também aconteceram neste fim de semana protestos contra os incidentes protagonizados nos últimos meses por grupos neonazistas no país.

Os torcedores da equipa local de futebol, Malmo FF, ostentaram umha faixa gigante com o slogan "A família do MFF está unida contra o nazismo", já que o jovem de 25 anos de idade, Kampa Showan - que continua em estado grave depois de receber várias facadas no incidente - é um torcedor conhecido desta equipe.

Mais infos, fotos e vídeos:

http://modkraft.dk/fotoserie/k-mpa-malm

http://modkraft.dk/artikel/10000-p-gaden-i-malm-antifascisme-er-selvforsvar

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada