1 ago. 2013

[Suécia] Carta para Ações em Kallak Gállok, em Sapmi

Recibimos no correo e colamos:

Neste momento está ocorrendo uma batalha contra a mineração em Sapmi, norte da Suécia. Levantamos barricadas na estrada que leva até o local onde a mineradora Beowulf (Beowulf Mining Plc.) quer realizar minas de teste. Esta é a terra do povo Sami, roubada pelo Estado sueco e colonizada tempos atrás. Nós nos levantamos em solidariedade às culturas indígenas e lutamos contra a mega-máquina da mineração. A polícia sueca está agora no local removendo obstáculos para ajudar a corporação mineradora a prosseguir. Pelo menos 6 pessoas já foram presas, mas os protestos continuam. Por cinco dias a polícia está na missão de ajudar esta empresa perversa, e por isso precisamos agora de pessoas para ajudar.

Esta é uma batalha estratégica; se a resistência à mina for forte o suficiente, a Beowulf não será capaz de vender a sede da mineração para outra corporação (é o que planejam). Tem um raio de segurança de 150 metros das minas de teste; se as pessoas estiverem no interior deste raio, a corporação não pode detonar os explosivos. Quão longe esta mineradora está pronta pra ir? Estão prontos para explodir pessoas para conseguir seu minério? Não sabemos, mas estamos prontos para morrer para barrá-los. Protestos de solidariedade, novos guerreiros, preces, ações e qualquer coisa que você pode imaginar para ajudar será bem-vindo!

Para que tudo seja Selvagem e Livre!



Mais infos:

http://www.kolonierna.se

Tradução > Malobeo

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada