31 jul. 2013

[Rússia] Apoio para Irina Lipskaya, anarquista e antifascista presa em Moscou

Recibimos no correo e difundimos:

7 de junho de 2013, a prisão de Irina Lipskaya foi prolongada até o dia 2 de outubro. Ela foi presa no dia 2 de julho de 2012, portanto, agora Irina já passou mais de um ano na prisão sem julgamento! O aprisionamento de Irina foi prolongado em função de declarações duvidosas de suas alegadas "vítimas" que ainda não haveriam tido contato com os resultados da investigação.

Irina é acusada de participar de um assalto armado contra um concerto nazista em um clube de Moscou chamado "Barrikada" no dia em que foi presa. Ela foi acusada de três crimes, incluindo "vandalismo, cometido por um grupo com intenção preliminar” e "envolver menores em crime de ódio", visto que uma das pessoas presas tinha 17 anos de idade no momento da prisão.

Irina foi presa alguns dias após concluir sua graduação em Jornalismo na Universidade do Estado de Moscou (em anexo uma imagem dela durante a sua diplomação). Ela precisa de cuidados médicos para sua mão, pois foi esfaqueada por nazistas durante uma briga no dia 1º de Maio de 2011, mas em detenção preventiva ela não pode receber assistência médica apropriada.

Durante a sessão do Tribunal sobre a detenção preventiva no último dia 27 de junho, Irina foi forte e mostrou que o sistema não irá esmagá-la. Ela também não precisa de ajuda material. Porém, apoio moral é necessário, um ano inteiro de prisão preventiva é difícil para qualquer um e durante a investigação ela já foi traída por antigos camaradas.

Você pode escrever para Irina no seguinte endereço:

Irina Antonovna Lipskaya, k. 308
SIZO-6 "Pechatniki"
Ul. Shosseynaya 92
109383 Moscou - Rússia

Mas lembre-se que cartas em inglês são raramente aceitas nas prisões russas, então se você não tiver como escrever em russo (por exemplo, utilizando frases simples e traduzindo-as através do programa de tradução do google) apenas mande fotos e cartões postais.

Tradução > Malobeo

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada