20 abr. 2012

Prosegue a repressom contra participantes na Greve Geral

Dois operativos policiais ontem em Catalunya e Nafarroa deixam, de momento, um saldo de 20 novas pessoas detidas.

Assim segundo informa Ateak Ireki, ontem de manhã na cidade de Iruñea a polícia nacional efectuou catorce detençons, 7 delas minores de idade, acusadas de desordes públicos na jornada da greve geral. Além destas detençons de ontem, no mesmo dia da greve foram detidos 14 pessoas em Nafarroa, dois delas, militantes de LAB, acusados de lançar pintura à CEN forom julgados ontem mesmo, e na semana passada outros dous moços forom detidos em Lizarra. Polo tanto, estamos a falar de 30 pessoas detidas em Nafarroa dende o 29M.

Assimesmo em Catalunya, tal como informa La Directa, também forom detidas ontem pola manhã um mínimo de seis pessoas, quatro delas em Barcelona, a quem os Mossos d´Esquadra relaçonam com destroços na sede da Starbucks e do Corte Inglés da Ronda de Sant Pere durante a tarde do dia da greve e outras duas em Tarragona a quem acusam de destroços na sede do PP nesta cidade e de agredir a um Mosso.

Há que lembrar que ainda ficam tres pessoas detidas em “Carcelona” polas acusaçons da polícia ao respeito dos feitos sucedidos o dia da greve, quando foram detidas 79 pessoas em toda Catalunya.

Para hoje mesmo está convocada umha manifa em Iruñea para protestar por estas detençons e durante a fim de semana há várias convocadas em Catalunya, além da já prevista para o domingo em Barcelona para exiger a liberdade das presas.

No hay comentarios:

Publicar un comentario