4 abr. 2014

Espe, a condesa consorte de Bornos nom está para ser molestada senom protegida.

"Una Nación que se respete a sí misma no puede permitir que se ataque así a sus policías, que son los últimos garantes de nuestra libertad". Esperanza Aguirre (2 dias antes do sucesso)

(esta foto supostamente é a do carro da Espe no momento da multa, se bem ela nom é vissível)

De todo tem saido nos meia, tanto nos privativos como nos alternativos, ao respeito do "incidente" de Dª Esperanza Aguirre y Gil de Biedma com a polícia municipal madrilenha . Pouco mais se poderia aportar ao dito, mas eu quero focaliçar a história num aspecto que, se bem, tem-se comentado como parte da notícia (mesmo aparece no atestado policial), nom tenho atopado nengum comentário crítico ao respeito. E estou-me a referir á presência de dois guardas civis que se apresentam ante os munipas como "membros do serviço de seguridade" de Espe. E pergunto-me eu, se Espe nom tem nengum cárrego institucional na atualidade, porquê tem serviço de seguridade da Guarda Civil?? Que eu saiba só é a presi do PP de Madrid, e isso é um cárrego dumha entidade privativa, acho. A conta de quê, tem Espe dois picolos que lhe gardam a casa??. Pois a resposta a tal pergunta é que como ex-presidenta do senado (cárrego que ocupara de 1999 a 2002, ou seja há 12 anos!!) tem direito a ter escolta da Guarda Civil!!.

Além é claro que umha "Grande de España" nom está para ponher-se a debater com um simples "agente de mobilidade" e menos a estar retida entre 15 e 20 minutos: "Querían mi foto con siete agentes" e de ai que declare com razom que: "Me tenía que ir porque tenía prisa, y no podía dedicarle más tiempo" e a culpa de que tirara com a moto nom foi outra que "la moto estaba malísimamente aparcada" e "al salir con el coche le di sin querer a una de las motos que habían cruzado para cortarme el paso. Mi coche se rozó un poco"; ah! pois que lhe paguem o amanho da roçadura!!.
Em definitiva as testemunhas que dim que a suposta retençom foi só cousa de minutos som falsas, a atuaçom dos polícias foi "machista" e só buscavam a foto; é mentira que houvera grande intensidade de tráfico "he tardado sólo un minuto. A esa hora no había nada de tráfico, ni un alma": Eu nom posso ponher em dúvida que e-la, como assegurou, é "la más respetuosa con la Policía", e entendo que "a lo mejor" denuncie aos agentes por possível "retención ilegal". Também podo compreender que desde ontem pintem todas os carris taxi-bus de Madrid com a lenda da imagem.

eDu

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada