19 sept. 2013

[Grecia] (Video) Protestos tras o assassinato de "Killah P"

Colamos os correios recebedos da Agência de Notícias Anarquistas-ANA sobre as mobilizaçons e os duros confrontos entre manifestantes antifascistas por umha banda e polícias e neonazistas pela outra:



Este vídeo mostra um grupo de neonazistas à paisana, com a proteçom da polícia, atirando pedras contra antifascistas durante uma manifestaçom em Atenas na noite desta quarta-feira (18 de setembro). Os neonazistas do partido Aurora Dourada gozam de apoios e muitos estám infiltrados no exército e nas corporaçons da polícia grega, onde membros do partido integram operaçons motorizadas contra manifestaçons e outras formas de mobilizaçom pessoal, contra centros sociais, okupaçons e também contra comunidades de imigrantes.

A seguir, infos atualizadas de ontem à tarde-noite via Occupied London sobre os protestos na área de Keratsini (distrito de Piraeus), bairro onde Pavlos Fyssas "Killah P" foi assassinado, e também sobre os protestos em Atenas e Tessalônica. Dizer que, além, nesses momentos diversas manifestaçons estavam acontecendo por toda a Grécia:

19h40: Um grande bloco de antifascistas e anarquistas, formado por 3000-4000 pessoas, segue para a sede do partido Aurora Dourada em Nikaia. As sedes do Aurora Dourada de Pawn foram destruídas. A multitude grita "o sangue corre em busca de vingança”.

19h45: O bloco antifascista e anarquista está enfrentando os policiais da tropa de choque neste momento. As pessoas se mantém firme.

19h58: Se estendem os confrontos contra a polícia em Keratsini. Gás lacrimogêneo e barricadas na rua Grigoriou Lambraki e na avenida Panagi Tsaldari.

20h20: Pequenos grupos de "pessoas", protegidas por esquadrons da polícia de choque estám lançando pedras contra os manifestantes na avenida Panagi Tsaldari, em Atenas.

20h36: Confrontos em vários pontos de Keratsini. O ar está cheio de produtos químicos arremessados pela polícia, muitas latas de lixo foram queimadas para dissolver esses produtos químicos. Milhares de pessoas estám nos arredores depois de terem sido dispersadas ​​pela polícia antidistúrbios. Nas ruas adjacentes a polícia realiza detençons de manifestantes "suspeitos".

20h46: Confrontos perto da delegacia de polícia de Keratsini, coquetéis molotov “enfrentam” os gases lacrimogêneos por 30 minutos.

20h53: Na esquina das avenidas Grigoriou Lambraki e Tsaldari, ao menos 10 manifestantes foram imobilizados pela polícia no chám e estám sendo detidos. A polícia continua atacando e dispersando grupos de manifestantes por todos os lados. Próximo dali manifestantes tiram pedras contra os antidistúrbios.

20h59
: Continuam os confrontos na avenida Grigoriou Lambraki.

21h06: Um grupo de manifestantes ficou preso dentro de um bloco de apartamentos na esquina das avenidas Tsaldari com Lambraki. A polícia pediu permisso para realizar uma incursom no interior do edifício, enquanto que aqueles que se encontram refugiados lá dentro chamaram advogados solidários para que possam evitar a entrada dos policiais. Na mesma esquina, há poucos minutos, manifestantes foram atacados e presos.

21h22: Até o momento a polícia prendeu mais de 30 pessoas. Pelo menos quatro manifestantes ficaram feridos.

21h30: A polícia utiliza 2 canhons de água em Keratsini.

21h47: 30 pessoas detidas em Tessalônica.

22h04: A polícia continua detendo pessoas em Atenas, o número aumentou para 70 pessoas presas.

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada