13 jun. 2013

Damaia - Portugal : Morre "Musso" um moço de 15 anos vítima de violência policial e protestos nas ruas

Ontem morreu na Damaia (perto de Lisboa) mais um jovem assassinado pela polícia. “Musso” tinha 15 anos e há 2 semanas atrás foi espancado brutalmente pela PSP por ter fugido quando havia uma intervençom policial na zona. O espancamento foi de tal ordem que Musso, chegou ao hospital quase inanimado. Ainda resistiu 2 semanas e ontem acabou por morrer.

Segundo Jessica Alves, ex-cunhada do jovem, este foi internado há duas semanas no hospital “depois de ter sido violentamente espancado por elementos da PSP” durante uma operaçom no bairro. “Ele já andava, já comia e já estava a ficar bem, mas antontem [terça-feira] rebentou-lhe umha veia, ficou em coma e acabou por morrer”, disse Jessica, de 19 anos.

Ao se conhecer a morte de "Musso", os seus amigos e vizinhos do Bairro 6 de Maio, na Damaia, sairom a manifestar a sua dor e a sua raiba por este novo assassinato que da carta branca a polícia lusa para aplicar a pena de morte contra quem fuge das suas redadas. Assim nesta noite passada houvo vários focos de incêndios, xs jovens do bairro “formaram barreiras nas estradas com caixotes de lixo e sofás velhos” e mesmo prenderom lume a um carro e partiram janelas de estabelecimentos comerciais e atiraram pedras a carros que passavam.

Ao pouco todos os acessos ao bairro estiverom bloqueados com perímetros de segurança montados pela polícia. Nas operaçons participaram mais de uma dezena e meia de viaturas das autoridades.

Como sempre nestes casos, alguns Neo-fascistas reagirám instintivamente... dizendo : “Ele que nom fugisse!"

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada