17 sept. 2012

[Itália] Novos arrestos de anarquistas em 14 de setembro

Tras um longo vrao durante o qual foram laçadas as operaçons anti-anarquistas “Ardire (Ousadia)“, “Mangiafuoco (Comefogos)“, “Ixodidae (Carracha)” e “Thor“ xs anarquistas ocupam o primeiro posto de inimigxs internxs que devem ser esterilizadxs para evitar o contágio perigoso e virulento das hostilidades e a luita.

Umha nova operaçom repressiva, organizada pola fiscalia de Génova na busca da autoria do disparo no gionlho em 7 de maio contra Roberto Adinolfi (director ejecutivo da nuclear italiana Ansaldo Nucleare), e formada por unidades do ROS (forças especiais de Carabinieri) e da DIGOS (polícia política) nas vivendas de numerosxs compas, rematou, de momento com a prisiom de dois anarquistas de Torino, Alfredo Cospito e Nicola Gai (e se bem o arreto de Nicola foi rejeitado polo juiz de instruçom, este segue em prisiom por mor dumha nova orde de detençom preventiva) e umha outra companheira Anna Beniamino, fica baixo investigaçom, pero nom em prisom.

Os médios do régime falarom de investigaçons e redadas em Torino, Cuneo, Pistoia e Bordighera. Além, segudo os pseudojornalistas dos principais falsimedios, entre os elementos em possessom dxs investigadorxs haveria material de vídeo onde pode-se ver a Alfredo e a Nicola perto da estaçom de trens de Génova, assim como também gravaçons de cámaras de vigiância (proporçonando às autoridades a ventalha do reconhecemento facial biométrico), etc.

Alfredo, Anna e Nicola já vinham fazendo públicas diversas provas da sua permanente vigiância à que se estavam vendo submetidxs desde há meses, incluindo cámaras e micros nas suas moradass, assim como um constante seguimento, hostigamento e acoso policial (ver 1,2 ,3 , e 4).

Os dois compas ficam encirrados na prisiom de Torino, à espera da validaçom dose seus arrestos e/ou prisiom preventiva. Nos vindouros dias, é possível que sejam transladados a um outro inferno distinto. Entretanto, podedes escrever-lhes a:

Nicola Gai
Alfredo Cospito
C.C. via Pianezza 300, IT-10151 Torino

Solidariedade com xs detidxs e investigadxs.
Liberdade já para Alfredo e Nicola.

Copiado, traduzido e colado por Edu de ContraInfo

No hay comentarios:

Publicar un comentario