11 sept. 2012

[Barcelona] Sabotagens a caixeiros automáticos e pintadas

Recolhemos da web liberaciontotal.lahaine o seguinta comunicado assinado por "La Milicia Negra"

O RUIDO DA RUA #1

Se nos preguntaram de qué forma quereriamos que funcionara o mundo provavelmente poderiamos afirmar que nos gostaria que o soporte mútuo, a colabouraçom, a colectivizaçom e a autogestom foram os métodos ao uso, pero pensamos que na actualidade um cámbeo progressivo é impossível e nom sucederá só. Deve-se criar umha situaçom que propície a mudança. Algumhxs ficam balbuciando “isto costa de crêr” entanto nas ruas vemos como a polícia, pagada com os impostos dxs contribuintes e já militarizada, tortura e mata axs nossxs companheirxs. Nos decidimos ja há um tempo ampliar o nosso abano de tácticas ao uso da Acçom Direita mediante a sabotagem a expropriaçom e o uso da força sé é necessário a modo de auto-defensa. Nom o consideramos o único caminho possível, nem muito menos, pero pensamos que desta forma ampliía-se em grande medida a nossa possibilidade de criar umha situaçom de cámbeo.

Vemos florecer alguns grupos de afinidade na nossa cidade que nos iluminam os olhos, intentos de recuperaçom de velhas Federaçons e discusions sobre o melhor método de organizaçom.

Quando pola manhã vemos um director de sucursal dum banco com as mãos na sua cabeça queixándo-se de que alguém pintou-lhe os cristais e rompeu as pantalhas do caixeiro automático, quando nalgum curruncho vemos a primeira hora como barrem rápido o resto dum lume, quando vemos como borram-se com milagosa rapidez miles de milhares de pintadas nas paredes de tuda a comarca ou quando contemplamos com um sorriso um coche em chamas sabendo que, por umha noite, só por umha noite, um dos dedos que move a opresom que nom nos deixa durmir tranquilxs também terá pesadelos. Aos poucos, medra o estoupido de acçons e de pessoas que começam a tomar esta via como umha possibilidade e necessidade.

Prantejamos a mesma acçom como forma de comunicaçom e de expressom, a organizaçom é moi difícil dada a repressom actual e advogamos por umha diversificaçom das acçons até que cheguem tempos melhores.

Pensamos que, pouco a pouco, estas acçons irám desencadeando num maior grado de expressom da luita. Ainda que as críticas som inevitáveis, esperamos que se entenda o transfundo e a mensagem da acçom.

Já nom temos medo.

Com este comunicado, queremos informar das seguintes sabotagens:

- Mais dum centor de caixeiros dos bairros de Barcelona e extra-rádio. Durante os meses de junho, julho e agosto mediante a rotura das pantalhas ou a queima de objectos no seu interior.

- Pintadas em oficinas de partidos políticos e Hoteis de Alto Standing.

Desde acá um saudo axs companheirxs em luita:

Lobos Negros
Anarquistas Nihilistas de Barcelona
Las Nadie

Un puño arriba
La Milicia Negra

Relaçonados:
Comunicados de Lobos Negros: 1, 2 e 3.

Copiado, traduzido e colado por Edu

No hay comentarios:

Publicar un comentario