16 nov. 2013

[Grécia] Rethimno: Confrontos entre antifascistas e neonazistas da gangue Aurora Dourada


Continúan os enfrontamentos entre neonazis e antifascistas en Grécia. Aquí reproducimos un comunicado firmado por Antifascistas de Rethimno e traducido ao portugués pola axéncia de notícias anarquistas-ana:

Aqueles que louvam os nazistas não têm lugar na ilha de Creta. Não é a primeira vez que pichações fascistas aparecem na cidade de Rethimno, mas decidimos que esta será a última. Na noite de sexta-feira para sábado, 9 de novembro, foram realizadas pichações em várias paredes de nossa cidade e na faculdade.

Imediatamente, mobilizamos antifascistas decididos a manter a cidade livre de propaganda fascista e apagamos as pichações. Nessa mesma noite, os nazistas voltaram a pichar, desta vez no muro do Centro de Educação Secundário da rua Moatsou e, ainda, atacando até a manhã várias pessoas que estavam voltando para casa depois de uma noite fora.

No sábado à noite, já de madrugada, um grupo de seis antifascistas estava caminhando para onde os fascistas haviam retornado, para borrar as pichações que eles tinham refeito, mas caíram em uma emboscada dos nazistas, que apareceram armados com capacetes e paus, atacando o grupo de antifascistas. Mas, para azar dos fascistas, os papéis mudaram e acabaram perseguidos pelos antifascistas, forçados a se esconder em um café localizado ao lado da universidade, onde trabalha um conhecido neonazista (assim se autoproclama).

Uma hora mais tarde, cerca de 40 pessoas, armadas apenas com o seu ódio contra o fascismo e o nazismo, foram ao lugar do confronto, apagando as pichações dos trastes da gangue neonazista Aurora Dourada, e saíram sem problemas.

Nós dizemos em todos os momentos, e vamos dizer novamente: nesta cidade não deixaremos que qualquer formação fascista aterrorize ou louve os nazistas (como havia em uma das pichações escritas). As pichações neonazistas vão desaparecer e serão neutralizadas.

Aqueles que fizeram a emboscada são os mesmos fascistas que atuam no campus e estão diretamente envolvidos nos ataques incendiários praticados contra espaços antagônicos e espancamentos na área da universidade. Na era das gangues de combate, dos assassinatos e emboscadas, projetamos a solidariedade e determinação contra o fascismo e o canibalismo social que eles nos querem impor.

Antifascistas de Rethimno

Domingo, 10 de novembro de 201

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada