7 may. 2013

Apresentação do livro “Flores Silvestres, uma antologia de Abele Rizieri Ferrari”

A Anarquia é, para mim, um meio para chegar à realização do indivíduo; não o contrário. Se assim fosse, a Anarquia também seria um fantasma.”


Abele Rizieri Ferrari


Abele Rizieri Ferrari, mais conhecido pelo pseudónimo de Renzo Novatore, foi um poeta da anarquia que viveu alguns dos anos mais turbulentos de uma Itália revolucionária e pré-fascista, em que os sonhos de mudança radical de sociedade se esbateram com a traição socialista e a reacção bruta fascista, num país dividido em dois pólos extremos de conflito. Abele viu a sua vida ser-lhe ceifada muito cedo pelas forças de autoridade, nesse mesmo ano de 1922 em que Mussolini marchou sobre Roma, mas deixou-nos um legado quase único de escritos espalhados por revistas e jornais e que o tornam uma figura ímpar, ainda que quase desconhecida, na história do anarquismo. É parte desse legado que hoje recuperamos e trazemos para o português com esta antologia, que espelha o seu pensamento individualista radical nos antípodas de qualquer concepção anarquista tradicional e que o tornaram “maldito” mesmo entre os seus.

Dia 10 de Maio 19h Coimbra
 Teatro da Cerca de S. Bernardo
Cerca de S. Bernardo (junto ao Pátio da Inquisição)

Dia 11 de Maio 21h Porto 
Gato Vadio 
Rua do Rosário, 281
http://gatovadiolivraria.blogspot.pt/

Dia 13 de Maio 20h30m Santiago de Compostela 

Biblioteca Anarquista "A Ghavilla" 
Rua Ponte da Raiña, 8
http://bibliotecanarquista.blogspot.com.es/


No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada