9 mar. 2012

CCOO e UGT sumam-se à greve geral em 29 de março.

Poucas opçons tinham, depois de pactos tras pactos com patronal e governo, ambos sindicatos estavam a ser abertamente criticados por toda a sociedade polo seu jogo sujo contra os intereses do povo, chegando a acordos incríveis em troques de substanciosas subvençons e o mantemento de milheiros de vividorxs (liberadxs chamam-se elxs mesmxs), e até mesmo desde há bem tempo estavam a ser seriamente questonadxs, mesmo polas suas próprias bases (já era hora!!). Assim nom tinham outra, senom queriam ficar à olho vista como o que realmente som: vende-operárixs pactistas. Agora seguirám podendo enganar com lutas de um só dia e paseios polas ruas das cidades.

Como dizia era previssível e nom lhes ficava outra depois da convocatória da greve em Euskal Herria polos sindicatos bascos e navarros (ELA, LAB, ESK, STEE-EILAS, EHNE e HIRU) e na Galiza pola CIG à que se sumaram outras correntes como a CNT, a CGT ou a CUT: às direçons de CCOO e UGT ia-lhes ser bem díficil explicar os motivos para nom sequnda-las e mesmo para nom extende-la a todas as partes do estado.

Seguiremos informando

Notícia redactada por Edu

1 comentario: